sexta-feira, 30 de março de 2012

As datas das pessoas desimportantes


O bom de ser mulher é que eu lembro das datas importantes. 
E o ruim de ser mulher é que me lembro das datas importantes. 
Diante da forma brusca/bruta que meu namoro acabou eu fiquei meio que chocada-num-mato-sem-cachorro. Quase três anos de namoro, as coisas estavam bem, aí ele veio aqui em casa, terminou e foi embora pra nunca mais! Sério mesmo! Nunca mais falou comigo! Mesmo 3 meses depois ainda estou me adaptando.
E ontem eu, instintivamente, lembrei do aniversário dele, esse ano eu tinha planejado algo muito especial que incluía ingressos pra um show de rock, e isso ficou martelando na minha cabeça o dia todo.
Resultado, sonhei a noite inteira com ele. E não foram sonhos bons, nostálgicos... Foram pesadelos horríveis!
Sonhei que abria o Facebook (onde eu não acompanho mais nada dele) e me deparava com a foto dele com uma moça lindíssima-arrasa-quarteirão. Ficava mal, mas é a vida e tals, ninguém é insubstituível né? Fechava o face e ia pra rua, ficar longe da internet seria uma boa estratégia não é? WRONG! Eu dava de cara com ele no shopping com a tal moça-linda-de-morrer e ele ainda vinha até mim pra dizer que estava com ela porque era muito, mas muito mesmo, melhor do que eu! Eu ficava paralisada, não conseguia sequer falar algo diante dessa afirmação! 
Imagine o nível de desespero que essa que vos escreve acordou...
Hoje eu vou precisar de cerveja... Rsrsrsrsrsrsrsrsrs!


Ps. Se eu cruzar com essa vadia e esse FDP novamente num sonho, vou encher de porrada! O sonho é meu, eu faço o que quiser né?  =P

quarta-feira, 21 de março de 2012

A Tristeza Permitida



Se eu disser pra você que hoje acordei triste, que foi difícil sair da cama, mesmo sabendo que o sol estava se exibindo lá fora e o céu convidava para a farra de viver, mesmo sabendo que havia muitas providências a tomar, acordei triste e tive preguiça de cumprir os rituais que faço sem nem prestar atenção no que estou sentindo, como tomar banho, colocar uma roupa, ir pro computador, sair pra compras e reuniões – se eu disser que foi assim, o que você me diz? Se eu lhe disser que hoje não foi um dia como os outros, que não encontrei energia nem pra sentir culpa pela minha letargia, que hoje levantei devagar e tarde e que não tive vontade de nada, você vai reagir como?

Você vai dizer “te anima” e me recomendar um antidepressivo, ou vai dizer que tem gente vivendo coisas muito mais graves do que eu (mesmo desconhecendo a razão da minha tristeza), vai dizer pra eu colocar uma roupa leve, ouvir uma música revigorante e voltar a ser aquela que sempre fui, velha de guerra.

Você vai fazer isso porque gosta de mim, mas também porque é mais um que não tolera a tristeza: nem a minha, nem a sua, nem a de ninguém. Tristeza é considerada uma anomalia do humor, uma doença contagiosa, que é melhor eliminar desde o primeiro sintoma. Não sorriu hoje? Medicamento. Sentiu uma vontade de chorar à toa? Gravíssimo, telefone já para o seu psiquiatra.

A verdade é que eu não acordei triste hoje, nem mesmo com uma suave melancolia, está tudo normal. Mas quando fico triste, também está tudo normal. Porque ficar triste é comum, é um sentimento tão legítimo quanto a alegria, é um registro de nossa sensibilidade, que ora gargalha em grupo, ora busca o silêncio e a solidão. Estar triste não é estar deprimido.

Depressão é coisa muito séria, contínua e complexa. Estar triste é estar atento a si próprio, é estar desapontado com alguém, com vários ou consigo mesmo, é estar um pouco cansado de certas repetições, é descobrir-se frágil num dia qualquer, sem uma razão aparente – as razões têm essa mania de serem discretas.

“Eu não sei o que meu corpo abriga/ nestas noites quentes de verão/ e não me importa que mil raios partam/ qualquer sentido vago da razão/ eu ando tão down…” Lembra da música? Cazuza ainda dizia, lá no meio dos versos, que pega mal sofrer. Pois é, pega mal. Melhor sair pra balada, melhor forçar um sorriso, melhor dizer que está tudo bem, melhor desamarrar a cara. “Não quero te ver triste assim”, sussurrava Roberto Carlos em meio a outra música. Todos cantam a tristeza, mas poucos a enfrentam de fato. Os esforços não são para compreendê-la, e sim para disfarçá-la, sufocá-la, ela que, humilde, só quer usufruir do seu direito de existir, de assegurar seu espaço nesta sociedade que exalta apenas o oba-oba e a verborragia, e que desconfia de quem está calado demais. Claro que é melhor ser alegre que ser triste (agora é Vinícius), mas melhor mesmo é ninguém privar você de sentir o que for. Em tempo: na maioria das vezes, é a gente mesmo que não se permite estar alguns degraus abaixo da euforia.

Tem dias que não estamos pra samba, pra rock, pra hip-hop, e nem pra isso devemos buscar pílulas mágicas para camuflar nossa introspecção, nem aceitar convites para festas em que nada temos para brindar. Que nos deixem quietos, que quietude é armazenamento de força e sabedoria, daqui a pouco a gente volta, a gente sempre volta, anunciando o fim de mais uma dor – até que venha a próxima, normais que somos.

(por Martha Medeiros) 

sexta-feira, 16 de março de 2012

Pra que serve uma relação?



      Uma relação tem que servir para você se sentir 100% à vontade com outra pessoa, à vontade para concordar com ela e discordar dela,  para ter sexo sem não-me-toques ou para cair no sono logo após o jantar, pregado.
       Uma relação tem que servir para você ter com quem ir ao cinema de mãos dadas, para ter alguém que instale o som novo enquanto você prepara uma omelete,  para ter alguém com quem viajar para um país distante, para ter alguém com quem ficar em silêncio sem que nenhum dos dois se incomode com isso.
      Uma relação tem que servir para, às vezes, estimular você a se produzir, e, quase sempre, estimular você a ser do jeito que é, de cara lavada e bonita a seu modo. 
       Uma relação tem que servir para um e outro se sentirem amparados nas suas inquietações, para ensinar a confiar, a respeitar as diferenças que há entre as pessoas, e deve servir para fazer os dois se divertirem demais, mesmo em casa, principalmente em casa. 
       Uma relação tem que servir para cobrir as despesas um do outro num momento de aperto, e cobrir as dores um do outro num momento de melancolia, e cobrirem corpo um do outro quando o cobertor cair. 
       Uma relação tem que servir para um acompanhar o outro ao médico, para um perdoar as fraquezas do outro, para um abrir a garrafa de vinho e para o outro abrir o jogo, e para os dois abrirem-se para o mundo, cientes de que o mundo não se resume aos dois.
Drauzio Varella é médico cancerologista, formado pela USP. Nasceu em São Paulo, em 1943.Este seu artigo está sendo divulgado pela internet.

Engraçado que eu me sentia assim com ele e acreditava quando ele dizia que se sentia assim também... 

terça-feira, 13 de março de 2012

Caminhos


‎"O amor vai até onde tem que ir. Até onde os dois quiserem. Até onde se propuserem a lutar. O amor dura para os fortes, para os que não têm medo de passar por obstáculos, por rotina, por empecilhos, por dificuldades e, também, por infinitas alegrias." 
- Clarissa Corrêa

segunda-feira, 12 de março de 2012

Good morning


I miss the "good morning's" from him, in the morning of Monday ...

Sinto tanta falta dos "bom dias". Principalmente nas segundas-feiras...



sexta-feira, 9 de março de 2012

Laço


Hoje a saudade apertou com tanta força que fiquei chorando, que nem criança... Tanto tempo e a saudade ainda vem de vez em quando. Pode vir saudade mas depois você tem que ir embora tá?

:,\

Língua dos anjos


LOVE is patient. Love is kind. 
It does not envy. It does not boast. 
It is not proud. It is not rude. 
It is not self-seeking. 
It is not easily angered. 
It keeps no record of wrongs. 

 ❤

terça-feira, 6 de março de 2012

Lições do tempo


Além de curar... o tempo ensina... 
Aquelas lições invisíveis que a gente passa na hora.. mas só aprende tempos depois.. olhando pra trás! 

Lições do grande amigo SaturnJoy

sábado, 3 de março de 2012

Handbook of Life...



Saúde:

1. Beba muita água.
2. Comer no café da manhã como um rei, almoçar como um príncipe e jantar como um mendigo ..
3. Coma mais alimentos que crescem nas árvores e plantas e comer menos alimentos que são fabricados em indústrias.
4. E viver com os 3 E's - energia, entusiasmo e empatia.
5. Arranje tempo para a meditação e oração.
6. Jogue mais jogos.
7. Leia mais livros do que você fez no ano passado.
8. Sente-se em silêncio por pelo menos 10 minutos por dia e medite.
9. Dormir durante 7 horas.
10. Caminhe um 10-30 minutos a pé todos os dias. E quando você andar não se esqueça de sorrir.

Personalidade:
11. Não compare sua vida com os outros. Você não tem idéia de como é a jornada dos outros.
12. Não tem pensamentos negativos sobre coisas que você não pode controlar. Em vez disso invista a sua energia no momento presente positivamente.
13. Mantenha os seus limites.
14. Não se leve tão a sério. Ninguém faz isso.
15. Não desperdice sua energia preciosa em fofocas.
16. Sonhe mais enquanto está acordado.
17. Inveja é um desperdício de tempo. Você já tem tudo que você precisa, se quer mais lute.
18. Esqueça problemas do passado. Não lembra o seu parceiro sobre os seus erros do passado. Isso vai arruinar sua felicidade presente.
19. A vida é demasiado curta para perdermos tempo odiando alguém. Não odeie os outros.
20. Faça as pazes com seu passado para que ele não vai estrague o presente.
21. Ninguém é responsável pela sua felicidade, exceto você.
22. Perceba que a vida é uma escola e vocês estão aqui para aprender. Os problemas são simplesmente parte do currículo que aparecem e desaparecem como aula de álgebra, mas as lições que você aprende irão durar uma vida.
23. Sorrir e rir mais.
24. Você não tem argumento para ganhar em tudo. Concorde em discordar.

Sociedade:
25. Esteja com sua família.
26. A cada dia dê algo de bom para os outros.
27. Perdoe a todos por tudo.
28. Passe tempo com pessoas com mais de 70 anos de idade e com idade inferior a 6.
29. Tente fazer pelo menos três pessoas sorrir a cada dia.
30. O que os outros pensam de você não é da sua conta.

Vida:
3 1. Faça a coisa certa!
3 2. Se desfaça de tudo que não é útil, bonito e prazeroso.
3 3. O tempo cura tudo. Dê tempo ao tempo.
3 4. Não importa quão boa ou ruim é uma situação ela vai mudar.
3 5 Não importa como você se sente, levante-se, vesta-se e encare.
3 6. O melhor ainda está por vir.
3 7. Quando você acordar vivo de manhã, dê graças a Deus por isso.
3 8. Faça do seu interior sempre feliz. Então, seja feliz.

Última mas não menos importante:
40. Encaminhe isto para todos os que você se importa. 




Health:
1. Drink plenty of water.
2. Eat breakfast like a king, lunch like a prince and dinner like a beggar..
3. Eat more foods that grow on trees and plants and eat less food that is manufactured in plants.
4. Live with the 3 E's -- Energy, Enthusiasm, and Empathy.
5. Make time for meditation and prayer.
6. Play more games.
7. Read more books than you did in 2009.
8. Sit in silence for at least 10 minutes each day.
9. Sleep for 7 hours.
10. Take a 10-30 minutes walk every day. And while you walk, smile.

Personality:
11. Don't compare your life to others. You have no idea what their journey is all about.
12. Don't have negative thoughts or things you cannot control. Instead invest your energy in the positive present moment.
13. Don't over do. Keep your limits.
14. Don't take yourself so seriously. No one else does.
15. Don't waste your precious energy on gossip.
16. Dream more while you are awake.
17. Envy is a waste of time. You already have all you need.
18. Forget issues of the past. Don't remind your partner with his/her mistakes of the past. That will ruin your present happiness.
19. Life is too short to waste time hating anyone. Don't hate others.
20. Make peace with your past so it won't spoil the present.
21. No one is in charge of your happiness except you.
22. Realize that life is a school and you are here to learn. Problems are simply part of the curriculum that appear and fade away like algebra class but the lessons you learn will last a lifetime.
23. Smile and laugh more.
24. You don't have to win e very argument. Agree to disagree.

Society:
25. Call your family often.
26. Each day give something good to others.
27. Forgive everyone for everything.
28. Spend time with people over the age of 70 & under the age of 6.
29. Try to make at least three people smile each day.
30. What other people think of you is none of your business.

Life:
3 1. Do the right thing!
3 2. Get rid of anything that isn't useful, beautiful or joyful.
3 3. Time heals everything.Give time, time.
3 4. However good or bad a situation is, it will change.
3 5 No matter how you feel, get up, dress up and show up.
3 6. The best is yet to come.
3 7. When you awake alive in the morning, thank GOD for it.
3 8. Your Inner most is always happy. So, be happy.

Last but not the least:
40. Please Forward this to everyone you care about

sexta-feira, 2 de março de 2012

Perguntas difíceis



Me deparei com essas questões no Facebook: "E você? Como está conduzindo a sua vida? Está feliz? Está frustrado? Como administra as suas expectativas? Pense nisso!"
Pense nisso... Perguntas que incomodam tanto... E então? O que fazer pra elas pararem de me incomodar?
Resolvi montar um quadro pra poder visualizar o que eu quero e poder ter um incentivo rsrsrsrssrrs!
Como fazer isso?
Vamos equilibrar! Planeje tudo, inclusive lazer, atividade física... Não pode ficar nada de fora! Não esqueça! Tudo da sua vida tem que estar nele pra você buscar equilibrio e qualidade de vida!
Metas equilibradas no corpo físico, mental, emocional e espiritual! :)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...